Pesquisa

CATUABA É BOM

Escalamos três bartenders para criar seis coquetéis com a bebida mais querida de quem gosta de festar

por_ Juliano Coelho / fotos_ Codo Meletti



CATUABA É O "vinho que transa", dizem. E, com seu preço diminuto (uma garrafa com UM LITRO custa, em média, menos de 10 reais), seu potencial alcoólico mais destruidor que o da cerveja (entre 15% e 20%) e sua inegável bebabilidade - ou, trocando em miúdos, facilidade para entornar sem bater e voltar -, fica fácil entender o motivo de estar se tornando uma das bebidas favoritas nas baladas menos metidas. No entanto, a ressaca proporcionada por uma noite regada a catuaba industrial pura (o que a gente chama de "catuaba" e bebe nas festas é, na verdade, o composto de vinho, catuaba, guaraná e marapuama) pode ter proporções monumentais: "É bem diferente ter uma ressaca de uma bebida de um pouco mais de qualidade. A ressaca de catuaba é destruidora, inesquecível, só tive uma ressaca pior que a de catuaba uma vez que bebi Jägermeister", diz o bartender dos restaurantes Modi e Lambe-Lambe, David Barreiro. Cá entre nós, seria bom demais pra ser verdade se, além de barata, gostosa, transante e entorpecente, a catuaba industrial não deixasse estragos. Mas, como somos brasileiros, os tempos não estão fáceis e a gente quer festar bem gastando pouco, convocamos três bartenders de São Paulo para criar seis drinques que tenham a catuaba como protagonista. Drinques para realçar ainda mais os pontos positivos e diluir o poder de destruição. Cada um dos convidados criou dois coquetéis, um com catuaba industrial, fácil e barato de fazer, e outro coquetel de assinatura, com catuaba in natura, pra mostrar que essa erva vasodilatadora (propriedade que garante a característica "transante") é também um valioso ingrediente nacional. Experimentamos todas as receitas em uma noite no apropriadíssimo Lambe-Lambe (restaurante de comida típica brasileira recém-aberto em São Paulo) e a ervinha mostrou-se danada quando misturada com outros ingredientes. Confira as receitas:



DRINQUES CRIADOS POR RODOLFO BOB, MIXOLOGISTA E INSTRUTOR EM SERVIÇOS DE BEBIDAS_

Catuaba é bom - Raspadinha de Exu-mirim - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti














RASPADINHA DE EXU-MIRIM

INGREDIENTES:
1 paçoca de rolha
10 ml de xarope de açúcar
30 ml de cachaça branca
45 ml de catuaba industrial
20 ml de suco de limão taiti

MODO DE PREPARO:
Despedace bem a paçoca para não ficarem flocos muito grandes, junte todos os ingredientes em uma coqueteleira e bata sem gelo. Depois, junte gelo picado e bata novamente. Finalize com uma fatia de limão taiti.



Catuaba é bom - Soda da Comadre - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti









SODA DA COMADRE

INGREDIENTES:
70 ml de refrigerante de catuaba*
45 ml cachaça branca
20 ml de suco de limão taiti
1 fatia limão taiti ou galego

MODO DE PREPARO:
Junte todos os ingredientes e apenas mexa, sem bater. A "dificuldade" do preparo está no refrigerante.

* Misture duas colheres de catuaba em pó em 1 litro de água e aqueça até ferver. Passe a mistura em um filtro de papel. Adicione uma colher de mel e óleo saccharum de cítricos (limão-siciliano, limão taiti e laranja bahia). Carbonate a bebida previamente resfriada em uma garrafa pet.




RECEITAS DE DAVID BARREIRO, CHEFE DE BAR DOS RESTAURANTES MODI E LAMBE-LAMBE_

Catuaba é bom - Ressaca - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti
















RESSACA

INGREDIENTES:
30 ml de suco de limão taiti
40 ml de cachaça branca Yaguara
90 ml de cascafé (chá feito com casca de café, vendido e distribuído pela cafeteria Isso é Café - issoecafe.com)
30 ml de catuaba industrial

MODO DE PREPARO:
Bata todos os ingredientes na coqueteleira e finalize com um twist de limão-siciliano.



Catuaba é bom - Não parece, mas eu estudei em colégio de freiras - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti













NÃO PARECE, MAS EU ESTUDEI EM COLÉGIO DE FREIRAS

INGREDIENTES:
40 ml de vermute de catuaba 2 Marias (que pode ser encomendado com o bartender Alex Camargo: alex.cmrgo@gmail.com)
Clara de um ovo
40 ml de Bourbon WoodFord
20 ml suco de limão taiti
Uma tampa de caju flambado

MODO DE PREPARO:
Bata todos os ingredientes na coqueteleira. Finalize coma tampa do caju (com a castanha) levemente defumada.




DRINQUES CRIADOS POR JEAN PONCE, BARTENDER E CONSULTOR DA CACHAÇA YAGUARA_

Catuaba é bom - Terra - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti













TERRA

INGREDIENTES:
50 ml de catuaba industrial
20 ml de cachaça Yaguara branca
30 ml de suco de limão taiti
20 ml de xarope de açúcar
Pó de catuaba
Copo on the rocks com gelo até a borda

MODO DE PREPARO:
Bata os ingredientes na coqueteleira com gelo e faça dupla coagem para o copo on the rocks. Finalize com uma fatia de limão-siciliano, com o pó de catuaba, como se fosse à milanesa.



Catuaba é bom - Se beber não case - Revista SEXY - foto_ Codo Meletti












SE BEBER NÃO CASE

INGREDIENTES:
50 ml de cachaça com infusão de mel de catuaba
25 ml de amaro Lucano
25 ml de suco de limão taiti
Tônica para completar o copo
Guarnição: caqui desidratado e zest de limão taiti

MODO DE PREPARO:
Use um copo long drink e encha de gelo até a borda. Coloque todos os ingredientes na coqueteleira e bata rapidamente sem gelo. Passe direto para o copo, complete com a tônica e decore com o caqui e o zest de limão taiti.


AGRADECIMENTO_ LAMBE-LAMBE | RUA ARACAJU, 239 | HIGIENÓPOLIS, SÃO PAULO | SP. TEL 11 3562 3805




MAIS MATÉRIAS

.