ASSINE SEXY CLUBE
Pesquisa

Débora Nis e Wedja Carolline, haja entrosamento.

Débora Nis e Wedja Carolline são lindas, inteligentes, bissexuais e foram clicadas em um ensaio pra lá de íntimo, quase como se houvesse uma câmera escondida. Que alegria!

fotos_ Taylor Ponto

Débora Nis e Wedja Carolline

Débora Nis / 23 anos, paulistana

Como você conheceu a Wedja?
Conheci a Wedja por Instagram. Mandei uma mensagem pra ela dizendo: "Vou fazer um ensaio com um fotógrafo que eu adoro. Vamos fazer juntas?". Conheci ela no dia do nosso ensaio.

Como você começou a posar, a participar de ensaios?
Comecei com amigos que estavam com projetos de foto, que procuravam pessoas um pouco mais diferentes.

E hoje você trabalha com isso?
Sim. Não somente, mas estou trabalhando bastante com isso. Comecei a investir, sabe? Às vezes saio e vejo uma roupa que nunca iria usar na vida, mas falo: "Puta, vai ficar legal na foto". Ou vejo um sutiã lindo e falo: "Nem uso sutiã, mas vai ficar tão bonito".

Por que você se encontrou nisso?
Nem sei se me encontrei ainda. Sou uma pessoa bem perdida (risos). Mas talvez tenha me encontrado em três coisas: fotografar, modelar - eu curto muito modelar, pra mim é uma forma de quebrar tabu, machismo e dar as caras mesmo - e escrever.

Você se preocupa com o machismo. O que quer dizer fazer um ensaio de nu para a SEXY?
Vou te falar sinceramente: as modelos da SEXY não são o tipo de mulher que me dá mais tesão. Mas tem uma linha editorial na revista que eu acho bem legal. Já vi reportagens que tinham uma pegada mais liberal e a própria revista levava pra um lado um pouco mais tranquilo, valorizando a liberdade e a vontade da mulher.

Você tem tesão em mulher?
Sou bissexual.

Como foi fazer as cenas com beijo e toque? Como vocês fizeram pra ficar tão natural?
Foi bem natural. Eu acho meio bizarro fazer um ensaio de duas meninas se pegando se elas não são lésbicas ou bissexuais. Foi um pouquinho estranho a parte de que nem eu nem ela tínhamos feito um ensaio pegando alguém. É meio como ter um voyeur lá vendo a coisa toda. Mas foi tranquilo, porque ela é uma mulher linda, acho ela superatraente, espero que tenha rolado o mesmo sentimento da parte dela. Tinha umas horas que a gente só estava lá se beijando e o Taylor ficava pipocando em 700 ângulos diferentes...

Wedja Carolline / 20 anos, paulistana

Como foi o ensaio com a Débora?
Eu já acompanhava o trabalho do Taylor e seguia a Débora. E ela que me convidou; eles estavam procurando alguém. Ela disse que sempre quis fazer fotos comigo. Foi bom demais!

Quando você soube que sairia na SEXY, o que achou?
Achei incrível. Não caiu a ficha ainda.

Como foi a sintonia com a Débora?
Foi muito tranquilo. A gente gostou pra caramba uma da outra. Combinamos até de sair, fazer mais ensaios.

Você se considera bissexual?
Sim (risos). Ajuda.

E a Débora é bem bonita...
Sim, pra caramba... o corpo dela também é maravilhoso.

Você está solteira, né? Como alguém faz pra chegar em você?
Sim, estou. Depende, se eu conheço fora da internet é mais tranquilo. Pode rolar um assunto que envolva o interesse de ambos. Quando é pelo Instagram já é uma coisa mais complicada... muitas vezes cai no assédio.

O que te atrai fisicamente num cara ou numa menina?
O sorriso e o olhar, principalmente. Prefiro homem se é mais magro pra fortinho (risos).

Qual dinâmica de sexo você curte?
Começando com preliminares. Uma coisa mais leve, sem muita sede ao pote. Ir direto ao ponto é meio desagradável.

Qual posição te excita mais??
Hum... Bom, eu gosto de pé na parede.

E você chega ao orgasmo com certa facilidade?
Uma puta dificuldade. A maior parte das vezes exige estímulo no clitóris e concentração. A pessoa precisa ser paciente.

Precisa de uma dedicação, né?
Precisa de uma dedicação, né?

Qual a frequência perfeita de sexo pra você?
Umas três vezes por semana.

Consegue ter essa frequência, mesmo solteira?
Não, sou mais reservada. Só se for uma pessoa com quem eu tenha um rolo. Com pessoas diferentes, não dá.

FOTOS_ ACESSO FREE

Wedja e Débora

.

Deixe um comentário para Débora Nis e Wedja Carolline





2 comentário(s) para Débora Nis e Wedja Carolline

23 jan 2017
Jose Tarcisio disse:
Gostaria de eu fazer parte desse agrado transando com a duas.Maravilhosas

03 jun 2016
Augusto Elísio Monteiro Souza disse:
Adorei ver vocês se beijando.