Pesquisa

ED 425_ MAIO / 2015

Revista Sexy de maio com Thays Vita e Thamy Sorel.

O delicioso encontro de duas ruivinhas em um ensaio no melhor estilo amor livre

fotos_ Alberto Prado / realização_ Maina Helena Falavigna

Revista Sexy Maio 2015

SEMPRE QUE ME ENCONTRA UM CONHECIDO e surge o papo sobre a SEXY, ouço a pergunta, com ares de lobo mau: "Como é que tá lá?". O tempo aqui me ensinou a administrar as expectativas dos outros com relação ao meu trabalho. E a responder a certos tipos de perguntas, como: "Você vai aos ensaios?", "Vocês usam muito Photoshop?" Ou aquela que, por ser ampla o suficiente para ter várias interpretações, é clássica: "E a mulherada, hein?!". Me incomoda? De forma alguma. Agora perguntem para a Bianca, que está acostumada a ouvir a boboca perguntinha: "Tem foto sua na revista?". Fato é que nossa rotina nutre o lado taradinho que todos nós temos. E isso é bom!

Talvez você tenha uma decepção ao saber que não circulam mulheres nuas pela redação, e não, a matéria de nudismo que fizemos na edição de fevereiro não estampava a Bianca no abre (pelo menos é o que ela jura de pés juntos). Mas, claro, a nudez feminina tem essa capacidade incrível de tornar nossos dias sempre mais alegres. E, para nossa sorte, quando alguém aqui abre uma foto de uma pelada, não passa o cara do lado com o típico comportamento de "virjão" que as empresas promovem e fala alto: "Ei, o que você está vendo aí, cara?!". A gente passou dessa fase. Talvez porque acreditemos que a diversão no ambiente de trabalho está diretamente relacionada com a alegria com que você o executa.

E tem gente me falando que algumas agências de publicidade ou universidades bloqueiam o www.revistasexy.com.br. Que cabecinha, meus amigos! Ter uma sala com uma parede amarela, uns pufes e um PlayStation basta para vocês? Porque aí você não está apenas dizendo para seu funcionário que a nudez é uma coisa errada, mas também assinando um atestado de ignorância ao dar as costas para excelentes entrevistas como a do Alceu Valença, que está nesta edição; reportagens divertidas como a que o Juliano fez com os Gigantes do Ringue; ou uns baitas editoriais de moda, em que o conceito da foto é tão importante quanto as roupas que estão ali. "Como está a SEXY?", me perguntam. A SEXY é atualmente a revista masculina brasileira mais criativa que existe. É disso que as universidades querem poupar seus alunos? Ou elas acham mesmo que liberar o site ia transformar o laboratório de redação ou a agência em um masturbódromo?

FOTOS_ DIVULGAÇÃO

Thays e Thamy

Vídeo _DIVULGAÇÃO

Thays Thamy

VEJA TAMBÉM

.

Tati Castro

Tati Castro

Quatro anos após sair na SEXY, Tati Castro volta mais confiante e muito - muito! - mais gostosa. Ainda bem!

Vanessa Vailatti

Vanessa Vailatti

Vanessinha está solteira e conta que prefere um sexo mais romântico. Quem quer ajudar?

Alceu Valença

Alceu Valença

"Um artista que não for louco será, no máximo, um medíocre"

Bel Coelho

Bel Coelho

"Cozinhei em um evento para Eduardo Cunha e Renan Calheiros. Eu não ia cuspir na comida deles"

Clube da Lucha

Clube da Lucha

Como o grupo Gigantes do Ringue mantém viva a luta livre brasileira

Todo mundo nu

Todo mundo nu

7 projetos brasileiros e independentes de nudez que você precisa conhecer