Natália B

Natália B, látex que eu gosto.

Látex sem fetiche existe, sim, e a linda Natália B. conta um pouco desse universo que desperta tanto seu interesse.

fotos_ Haruo Kaneko (BRWAX)

 

Natália B / 28 anos, paulista

Foi sua primeira vez num ensaio?
Foi a segunda. Neste eu estava mais solta. Pude colocar elementos meus, a coisa do látex, do qual sou entusiasta.

Como foi essa inserção dos elementos que têm a ver com você?
Foi na hora. O Haruo me convidou e levei uma malinha com minhas coisas de látex.

Qual é a sua relação com o látex?
Quando eu era adolescente, tinha medo de parecer atraente para os homens. Eu não queria levar cantada na rua. Aí eu vestia roupas que escondiam meu corpo. Quando comecei a usar látex, me vi diferente e me aceitei. Comecei a me ver muito mais bonita e sensual! O látex está dentro desse cenário do fetiche mas eu quero tirá-lo de lá e colocar na moda. Em vez da coisa do sado, de uma pessoa servir a outra, eu quero usar o látex para que a mulher sirva a ela mesma. Apesar de o ensaio ter essa pegada, a minha pira tem a ver com moda. Não é só pela beleza, é como um manifesto. Quero colocar no cotidiano.

No sexo, você é mais fetichista?
Não, eu sou bem baunilha. Gosto de muito carinho. Gosto de beijos no corpo, bem devagar, gosto da conexão entre os dois. Não tenho nada fetichista.

Mas você já fez uma loucura?
De sexo? Transei com um ex-namorado uma vez no muro de uma rua. Quase pegaram. Na loucura acabou rolando, foi bem ?eu te amo, então vem me amar aqui?. Foi superintenso. A rua era escura, não tinha muito perigo, mas eu nem estava ligando para isso.

Hoje Você trabalha com o quê?
Fiz faculdade de jornalismo, não estou trabalhando no momento mas estou pronta para me mudar de Curitiba para São Paulo para arranjar trabalho. Eu quero trabalhar em uma área do jornalismo que estiver empregando (risos). E também estou começando como DJ, eu toco techno.

O que te influencia como DJ?
Sou influenciada pelas pessoas do meu meio. Meus amigos são todos da cena e conheço muitos artistas que me inspiram, como Rødhäd e Eduardo de la Calle. Tem as mulheres também, como Magda, Nina Kraviz.

O que você espera do ensaio?
Hum… Sabia que eu não parei para pensar (risos)? Estou com tanta coisa na cabeça… Estou numa fase da minha vida que não quero criar muita expectativa das coisas, vou deixar rolar, me jogar e ver o que acontece.

 

FOTOS GRÁTIS

Natália B - Sexy Girls - Sexy Clube - Fotos Grátis

Natália B - Sexy Girls - Sexy Clube - Fotos Grátis

Natália B - Sexy Girls - Sexy Clube - Fotos Grátis

Natália B - Sexy Girls - Sexy Clube - Fotos Grátis

Login Entre e aprecie muitos outros conteúdos.