A melhor fruta da estação

Uma degustação especial com a gaúcha Aline Uva que além de natural, é muito gostosa.

fotos_ Ricardo Vichinsky / cabelo e maquiagem_ Silvana Mendes e Eva Jabour / videomaker_ RSilva

instagram_ @mcuvadofunk

 

CONTEÚDOS FREE

VÍDEO FREE

 

FOTOS FREE

 

CONTEÚDOS VIP (assinantes)

Login Entre e aprecie muitos outros conteúdos.

 

 

Aline Uva, 28 anos, de Porto Alegre, RS

Nos conte um pouco sobre o ensaio. Curtiu fazer?
Sim, curti muito. Foi um dos momentos mais importantes pra mim.

De onde vem o “Uva” do seu nome?
Vem da fruta mesmo. Ela é típica lá no sul. Na época, tinha a moda das mulheres frutas e então eu comecei a cantar como MC Uva do funk. O apelido ficou.

Nos conte um pouco como iniciou sua carreira?
Foi quando um amigo me apresentou o Serginho Mallandro em uma balada de São Paulo. Ele me convidou para ser “Mallandrinha” no programa dele, na TV CNT de São Paulo, e também para dançar nos seus shows pelo Brasil. Logo depois comecei a cantar funk como MC Uva do funk. Ele me ajudou muito na carreira, mas canto por hobby. Hoje sou massoterapeuta em uma clinica de saúde e estética.

Chegou a se relacionar com alguém da TV na época?
Não. Nunca. Até porque todos eram bem profissionais, e eu também sempre fui.

Seus shows deviam ser bem animados, né? Como a platéia te recebia? Rolava muita paquera?
Sim, eram bem animados. Eu tinha duas dançarinas profissionais e sempre chamava alguém para subir no palco e brincar com elas. A platéia ia à loucura. Era normal rolar paquera, elas eram muito bonitas. Mas assim que terminava logo íamos embora para fazer outros shows ou ir para casa. Era muito cansativo.

O que você procura em um homem?
A pessoa tem que ter pegada e ser fiel.

Qual parte do seu corpo que você mais gosta?
O bumbum, por ser bonito e natural. Original de fábrica!

Já ficou com mulheres?
Sim e gosto muito. Mais que chocolate, rs.

Hoje em dia é muito comum você encontrar mulheres bissexuais. Você acha que os homens não estão dando mais conta do recado?
Eu acho que eles não dão mais conta do recado. Uma mulher sabe pegar outra mulher, conhece os pontos certos, além de ser mais amorosa e carinhosa. A grande maioria dos homens não conhece ou não sabe fazer a “coisa” direito.

Na balada você é mais tímida ou toma a iniciativa?
Tímida nada. Sou uma mulher de atitudes inesperadas.

E na cama?
Insaciável! Sempre querendo mais.

Como você chega em alguém quando está afim?
Chego chegando… falo logo que estou afim, papo reto e direto, rs.

Tem alguma fantasia para apimentar a relação?
Sim, várias e sempre coloco em prática, rs.

E o que te brocha?
Difícil acontecer, mas talvez uma mordida muito forte em um lugar inesperado.

Conta pra gente uma transa incrível.
Quando fiz em uma barraca, rs.