O que mais excita Maira é poder dominar seu parceiro e sentir seu grau de satisfação

foto_ Nelson Miranda / cabelo e maquiagem_ Paloma Castro

agradecimentos_ Fruit de La Passion / Yaffa Lingerie

instagram_ @mairacastelly

 

VÍDEO GRÁTIS

 

FOTOS GRÁTIS

Login Entre e aprecie muitos outros conteúdos.

Maira Castelly, 28 anos, de Porto Alegre, RS

O que precisa para te conquistar?
Apenas a simplicidade.

Prefere cabeça ou físico?
Pra mim físico, nunca foi ou será a minha preferência.

Você está namorando?
Sim.

Você é ciumenta?
Sim e muito. Típico de uma boa ariana.

Acredita em fidelidade?
Sim.

Como convive com as cantadas?
Levo sempre na brincadeira e tento manter a elegância e educação. Mas se passa dos limites, fazer de conta que não ouvi ainda é uma das melhores saídas.

Rola cama no primeiro encontro?
Nunca! Admiro mulheres que são seguras de si e que se permitem isso, mas sou mais reservada. Até para um bom sexo casual, gosto da intimidade e me sentir a vontade. Acredito que no primeiro encontro não rola toda essa afinidade.

Como você gosta que o cara seja na cama?
Apenas meu.

Tamanho é importante?
Não, nenhum pouco.

Qual a sua pegada na hora do sexo?
Intimadade ao extremo! Aquelas preliminares que arrepiam todo o corpo do parceiro.

Você já fez algo diferente no sexo?
Sim. O sexo tem que ter sua diversidade, o monótono também é bom, mas coisas diferente agregam muito.

Entre quatro paredes vale tudo?
Sim e não, (risos).

Tem alguma fantasia?
Não! Já realizei todas que cabiam ao meu imaginário!

Você se masturba?
Sim, e muito! A rotina muitas vezes me obriga, (risos).

Goza fácil?
Não, o parceiro tem que suar um pouquinho.

Gosta de sacanagem?
Quem não gosta?

O que mais te excita no sexo?
O que mais me excita é poder dominar o parceiro e sentir seu grau de satisfação.

Qual a sua posição preferida?
Amo estar por cima. Dominar é o ideal. Acho que já falei isso, não?

Qual a frequência ideal de sexo?
O sexo quando praticado com alguém que você se sente bem, é algo maravilhoso. Não tem porque não ser. O ideal é quando der vontade ou no mínimo diariamente.