Musas do Futebol

Escalamos uma seleção de musas para técnico nenhum botar defeito: Priscila Kimura, Sheila Pinkk, Lolla Martinelli e Jacky Correa batendo um bolão

fotos_Jeferson Gomes / produção executiva_ Lipe Aramuni / assistente_ Everton @everkong / video_ Gabriel @mano_defre / maquiagem_ Yasmim Krystell @yasmimkrystel / cabelo_ Felipe Savero @felipesavero

agradecimento_ Biquínis: Top Fashion Rio @topfashionrio

 

CONTEÚDOS FREE

VÍDEO FREE

 

FOTOS FREE

 

 

CONTEÚDOS VIP (assinantes)

Login Entre e aprecie muitos outros conteúdos.

 

Priscila Kimura, 27 anos de São Paulo | Musa das musas 2019 | Escolhida pelas candidatas para ser madrinha da edição deste ano.

Sheila Pinkk, 29 anos de Belo Horizonte | Musa do Cruzeiro 2019

Lolla Martinelli, 37 anos de Santo André | Musa do Santos 2019

Jacky Correa, 27 anos de Salvador | Musa do Bahia 2019

Como foi participar do concurso Musa do Brasileirão?
Priscila Kimura: Esse concurso abriu as portas da minha carreira de modelo. Ele é o maior e melhor concurso de beleza do Brasil.
Sheila Pinkk: Foi algo único, uma experiência incrível e inesquecível. Além de representar meu time do coração, me deu novas oportunidades de trabalho e divulgação.
Lolla Martinelli: Foi a realização de um sonho. Através do concurso muitas portas se abriram.
Jacky Correa: Realizei um sonho ao representar meu time do coração! O concurso me fez ter outras oportunidades incríveis. Foi mágico!

Vocês acompanham futebol de verdade?
P: Acompanho e sou apaixonada, por isso decidi competir como musa do meu time.
S: Acompanho sempre que posso. Vou ao estádio e quando não dá, assisto de onde estiver, sempre na torcida.
L: Amo esportes. Futebol é a minha paixão.
J: Acompanho todos os resultados dos jogos do meu time e sempre que posso vou ao estádio para prestigiar.

Curtiram tirar a roupa pra gente?
P: Eu curti bastante. Na verdade, se houvesse a opção de andar nua na rua, eu andaria. Em casa eu fico assim, sem nadinha no corpo!
S: A experiência foi deliciosa. Uma emoção única.
L: Adorei a experiência. Me senti completamente à vontade.
J: Foi um prazer tirar cada peça, (risos).

Como foi a interação de vocês no ensaio?
P: Eu adoro observar a beleza e a sensualidade da mulher. Foi uma experiência super gostosa. Me senti à vontade e desinibida. Lido de forma natural e espontânea com o nudismo.
S: Adoro, (risos). Só mulheres lindas, foi mais tranquilo ainda.
L: Delicioso, (risos).
J: Foi bem divertido. Fiquei muito mais à vontade com tanta mulher linda se despindo.

Vocês sairiam com outras mulheres? Já sairam?
P: Já saí e sairia novamente sim… É uma experiência muito excitante e gostosa, (risos).
S: Sairia sim. Adoro homens, mas uma pegada diferente seria tudo de bom, (risos).
L: Se me despertar interesse, porque não? Já experimentei e foi muito bom.
J: Sabe que até tenho curiosidade, (risos)… mas ainda não tive a oportunidade de realizar essa experiência. Quem sabe um dia, né?

Voltando ao mundo do futebol, alguém aqui já saiu com jogador? Sente tesão em algum?
P: Já sai sim. Sou muito assediada nas redes sociais e em festas. Tesão? Ah… têm uns que são perdição total, né?
S: Ainda não tive esse prazer, mas tem muitos que me tiram o fôlego e me deixam de pernas bambas, (risos).
L: Não saí, mas curto esse estilo, principalmente, se for todo tatuado.
J: Já tive um affair com um jogador há um tempo atrás. Tem muitos jogadores que me tiram o fôlego, (risos).

Então vamos para o que interessa, né? A torcida aqui pede nomes, (risos).
P: Alisson Becker, goleiro do Brasil.
S: Alisson Becker, também.
L: Lucas Veríssimo, do Santos.
J: Gregore, do Bahia.

Como faz pra derrubar vocês na área?
P: Marcar todo o território primeiro com muitas preliminares, beijos por cada milímetro… tudo isso com fundo musical pop rock internacional. Isso aí só pra começar, porque não tem hora para acabar, tá? (risos).
S: Ter uma boa pegada, um beijo safado e uma sarrada picante. Isso me enlouquece, (risos).
L: Pra isso o placar tem que dar empate ou eu sair na frente.
J: Tem que explorar toda área de campo e principalmente o gol. Tem que ter um carinho especial e bem molhadinho nessa área, (risos).

Aguentam ir para prorrogação?
P: A pergunta é quem me aguenta antes de pedir prorrogação? (risos)… Sou daquelas que começa o jogo, segura no segundo tempo, vai para os pênaltis, briga para ficar no campo e não sai fácil não, viu? Adoro prorrogar até que a lua vire sol!
S: Só se o homem não aquentar, pois tenho muito pique e disposição.
L: Adoro, comigo só presta assim.
J: Muito. Não vem achando que o jogo acaba rápido não, sou uma baiana quente e arretada, (risos).

O que vocês consideram jogo sujo?
P: Jogo sujo é driblar, bater na trave e sair fora sem acertar em cheio no meu gol, (risos).
S: Não me fazer gozar.
L: Precisa saber conduzir a partida, gosto de jogão, (risos).
J: Se o placar ficar 1×0 ou se o jogo acabar rápido demais, (risos).