Sâmella Vinter, nossa Musa do Verão

A estação mais quente do ano terá como musa inspiradora a modelo Sâmella Vinter, a nossa Musa do Verão

fotos_ Patrick Brito / direção_ Cacau Oliver / cabelo e maquiagem_ Natália Nunes / estilismo e produção_ Eulalie Martine / vídeo_ Matheus Augusto

instagram_ @samella_vinter_porchera29

 

CONTEÚDOS FREE

VÍDEO FREE

 

FOTOS FREE

 

 

CONTEÚDOS VIP (assinantes)

Login Entre e aprecie muitos outros conteúdos.

 

Sâmella Vinter Porchera, 29 anos, de Colatina – ES

Sâmella, nos conte um pouco da sua história.
Minha história é muito bonita. A minha mãe demorou de 4 a 5 anos para engravidar, quando ela finalmente me concebeu, passou por uma gravidez de risco. O sonho dela era ter uma menina. A previsão do meu nascimento era dia 25 de maio, mas minha família percebeu que a barriga dela crescia muito e passava do tempo. No dia 22 de abril todos se ajudaram para pagar uma ultrassonografia para ela. No dia da consulta, ela ficou sabendo que estava esperando dois meninos, gêmeos. Quando nasci, meu enxoval já estava todo pronto e era rosa. Foi uma correria para comprar outro enxoval. Minha cabeça ficou confusa desde então, fiz até tratamento com psicólogo para poder voltar a ter uma mente masculina, mas ele já avisava a minha mãe que eu seria uma mulher. Ele percebia que eu brincava com as bonecas no consultório, que meu comportamento era diferente.

Como chegou a conclusão que seu corpo não condizia com sua essência?
Desde o momento que eu via as minhas roupinhas rosas quando ainda era criança. Fui me transformando, me tornando uma mulher de verdade. Eu tinha tudo para ser uma mulher, sempre fui magra, bonita, amante da feminilidade. Gosto de me cuidar, sou muito vaidosa e delicada. Só havia uma coisa que não pertencia ao meu corpo, foi então que decidi fazer a cirurgia, sem nenhum arrependimento. Agradeço muito aos meus pais que sempre me apoiaram, e aos meus dois irmãos, pois nunca tive problema com eles.

Fazer uma revista masculina foi um incentivo a sua decisão?
Sim, foi muito gratificante ter feito isso com incentivo de posar nua! O mundo precisa abrir a mente e ter respeito ao ser humano, seja ele qual for: um pobre, um doente, um presidiário, um gay… As pessoas que não se sentem confortáveis tem que ter a opção de fazer essa cirurgia para se sentir melhor. A medicina e tecnologia estão aí para isso.

Com o título de Musa do Verão e o ensaio na SEXY você pode dizer que está completamente realizada?
Sempre foi meu sonho. Cada um verá o ensaio da sua forma, nem sempre com olhos de desejo, mas isso também é legal. Quando eu recebi a proposta fiquei super contente e realizada. Apesar da correria, viajando sem parar entre Milão, Espanha e Paris, fiz com muito carinho. Para mim é uma honra ser a primeira trans a posar para a publicação. Todo Brasil vai conhecer a minha história.

Desde quando mora fora do país?
Já faz oito anos que estou fora do país. Primeiro eu morei na Itália e depois mudei para Londres onde eu terminei meu curso de enfermagem. Também morei uma época em Madrid. Foi muito bom conhecer o mundo, adquirir experiências e aprimorar meu inglês. Hoje falo seis idiomas. Fui aprendendo ao conversar com as pessoas. É muita bagagem.

Quais são as suas expectativas após essa revista?
Espero que o mundo me abra portas e me dê mais oportunidade. Hoje tenho a minha identidade feminina. Sofria muito preconceito para trabalhar no mundo da moda. Passava pelo casting, fazia entrevistas para modelar, até para trabalhar no hospital, e na hora de mostrar minha documentação me diziam: “Não trabalhamos com esse tipo de gente”. Tem discriminação aí. Temos que quebrar barreiras. Meu sonho é ser modelo, ir para televisão. Acho que a revista vai me abrir portas.

O que te excita?
O que me excita é poder viver a vida 100% com a minha família e o meu namorado. Desfrutar de cada momento o máximo que posso. Viajar, passear, me desconectar, adrenalina, emoção, felicidade. Saber que eu tenho apoio de todos que estão próximos de mim. A energia deles me motiva, não tem dinheiro que compre essa excitação.

Nos descreva uma noite perfeita?
A noite perfeita deve ter o cheiro do bom perfume que ele passa, um toque sincero, uma taça de vinho e um jantar a luz de velas ou dançar em uma discoteca. Tendo romantismo, amor, bom humor, a sintonia fica maravilhosa em qualquer lugar. Isso é uma noite perfeita.

Casada ou solteira?
Estou namorando há quatro meses, e muito feliz com meu relacionamento. Deixamos que as coisas fluam para saber se vai haver casamento.

O que procura em um cara?
Espero amor, carinho, apreço, boa convivência, uma boa comunicação para resolver maus entendidos. Que seja uma pessoa educada, de bom coração e o mais importante, seja fiel. Com respeito temos tudo.